Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Fernando Santos!

02.07.17

Terminou hoje a Taça das Confederações para Portugal!

 

Terceiro lugar! Medalha de bronze!

 

Vou, por isso, deixar aqui a minha opinião sobre o trabalho de Fernando Santos enquanto selecionador nacional!

Acho que merece que se fale um pouco dele.

 

Assumiu o comando da seleção a seguir ao Mundial de 2014! Um mundial onde Portugal esteve muito mal, onde nem da fase de grupos conseguiu passar!

Era então de esperar, um trabalho difícil para Fernando Santos!

Era necessário levantar uma equipa! Reerguê-la depois de um autêntico fracasso!

Era necessário garantir presença no Euro 2016!

 

Esperava-se um trajeto, um caminho, extremamente turbulento para o senhor engenheiro! 

Mas 3 anos depois, acho que pedir mais seria no mínimo insultuoso!

 

Fernando Santos pegou numa equipa de rastos, com jogadores em fim de carreira e operou, aos poucos, uma revolução que era indispensável para se atingir o sucesso!

 

Até 2014, jogadores como Fábio Coentrão, Miguel Veloso, Carlos Martins, Raúl Meireles, Hélder Postiga ou Hugo Almeida foram substituídos por uma nova geração que promete muito! 

 

Esta regeneração era fundamental! Não está em causa aquilo que os jogadores mencionados em cima deram à seleção! 

Mas a verdade é que neste momento Portugal está, na minha opinião, com uma segunda geração de ouro! Acho que podemos ter muita esperança no futuro!

 

Mas regressando a Fernando Santos..

 

O mister e engenheiro assumiu as rédeas da seleção e não foi de modas! Pegou nos melhores dos melhores! Pegou no futuro!

Garantiu o apuramento para o Euro 2016!

Chegou lá...

Disse que ia ganhar...

E ganhou!

 

E ganhou de forma inteligente!

Percebeu que numa competição em que se joga de 3 em 3 dias é necessário fazer alterações constantes na equipa titular de jogo para jogo!

Percebeu que com isso a equipa estava mais forte e o grupo mais motivado, porque todos tinham oportunidade de jogar!

E assim foi!

 

Com uma "espinha dorsal" constituída por Rui Patrício, Pepe, William Carvalho, Nani e Cristiano Ronaldo a ligar todos os setores da equipa e fazendo uma constante rotação nos restantes elementos, consoante as necessidades que o adversário pedia!

 

A isto chama-se inteligência!

 

E qualidade! Porque se não existisse qualidade nos 23 eleitos, não seria possível fazer o que Fernando Santos fez!

 

Portugal saiu de França com o "caneco"! Fernado Santos fez história!

 

Um ano depois, Portugal disputou a Taça das confederações! Algo inédito!

 

Com os jogadores escolhidos a serem praticamente os mesmos do Euro 2016, mas com a inclusão de ainda mais qualidade! Sobretudo no ataque, com André Silva, Gelson Martins e Bernardo Silva!

 

E o desfecho foi um honroso terceiro lugar! Medalha de bronze!

 

Voltámos a não perder um único jogo! 

Tivémos a infelicidade de perder nos penálties com o Chile. Mas em jogo jogado, continuamos intransponíveis!

 

E o mérito?

 

Muito do mérito é deste homem!

 

Duas competições: Primeiro e terceiro lugares!

Ainda não saiu do pódio!

 

FS.JPG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:59

Vinte e quatro!

Foram vinte e quatro os escolhidos!

O nosso Fernando Santos já elegeu os convocados que tentarão lutar por mais um "caneco". Desta vez, a Taça das Confederações no verão!

 

Quando vi a convocatória tenho que admitir que a ausência do Éder deixou um sentimento estranho. Acho que qualquer português sentiu o mesmo. É estranho ver aquele que foi o grande responsável pela conquista histórica do Europeu de fora desta competição!

É difícil! Acredito que para Fernando Santos tenha sido extremamente complicado separar a emoção da razão.

Sim, porque é disso que se trata!

A presença de Éder implicaria a exclusão de um dos jogadores de ataque.

E olhando para esses seis jogadores, existem três intocáveis. Cristiano Ronaldo, Ricardo Quaresma e Nani. E três jovens que certamente a médio prazo se tornarão em referências no futebol mundial. Gelson Martins, Bernardo Silva e André Silva.

Fernado Santos não deve ter dormido muito bem nestes últimos dias, devia pensar com os seus botões "epa não vai dar, não o consigo levar".

Não dava, de facto não dava! Éder será para sempre um símbolo da nossa seleção e estará para sempre ligado à mais importante conquista da seleção Portuguesa de Futebol. Mas é nestes momentos, que se vê um grande treinador! Fernando Santos conseguiu perceber que Éder não tinha lugar!

 

Também Renato Sanches ficou de fora! Este sem grande surpresa. Jogou pouco tempo esta época e pagou o preço de ter mudado para um dos melhores clubes do mundo. Não se pode ter tudo! 

Mas trata-se de um miúdo de 19 anos. Mais cedo ou mais tarde, voltará à seleção. E a médio prazo tem tudo para ser o futuro "patrão" daquele meio-campo.

 

Renato e Éder foram peças chave na conquista do Europeu há menos de um ano! 

Um ano depois vão ficar a torcer de fora!

Estas coisas acontecem.

E cabe aos melhores conseguirem superar estas adversidades e levantarem-se da "queda".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:46


Mais sobre mim

foto do autor


Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D