Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Está de volta!

Passado quase um mês este "livro" vai conhecer mais um capítulo!

 

Terceiro capítulo!

 

Estive uns dias ausente, devido a 3 exames em apenas 5 dias! Absolutely insane! E por isso estive quase uma semaninha sem por as mãos por "aqui".

 

Acredito que as "novidades" se tenham centrado muito nos incêndios que dizimaram grande parte da zona centro do país!

Acho que neste momento, o mais importante é existir um apoio constante àqueles que, direta ou indiretamente, se viram afetados por esta tragédia!

Uma tragédia ímpar, sem precedentes e com um desfecho demasiado mau!

 

Mas vou tentar desviar um bocadinho o assunto!

 

Acho uma boa altura para iniciar o terceiro artigo do "enGINheiro em ação"

 

"Renováveis já criaram quase 10 milhões de empregos"

 

Bem não sei se perceberam bem a importância desta frase de apenas oito palavras...

 

Conseguir juntar energias renováveis e empregabilidade é notável! 

 

De forma muito simples, energias renováveis são aquelas que podem ser obtidas através de recursos naturais inesgotáveis!

Consiste em pegar em recursos naturais com os quais estamos habituados a lidar quase diariamente como o sol, o vento, a chuva, as marés e conseguir extrair delas energia!

Claro que a energia não aparece do nada!

É necessário uma série de processos, altamente especializados, para se chegar à energia verdadeiramente útil! Aquela que nos permite ter luz em casa durante a noite, ou que nos permite tomar banho de água quente, ou que permite a existência de telemóveis ou computadores e podia continuar e não sair daqui!

 

A verdade é que as energias renováveis são energias "limpas"! Limpas porquê??

Porque em primeiro lugar não são poluentes! Logo a sua utilização não irá interferir com o "bem-estar" do nosso planeta e em segundo lugar são recicláveis! Isto é, não esgotam, não acabam, são infinitas!

 

Então se as energias renováveis têm tantos aspetos positivos porque não se usam em maior escala?

Porque é que se continua a utilizar o petróleo e o gás natural de forma desmesurada, mesmo sabendo que estes têm um prazo de validade inferior a 70 anos?

 

Bem a resposta é simples!

 

A produção de energias através de recursos naturais é "afetado" por um rendimento ou por uma eficiência extremamente baixa!

 

Por exemplo, os painéis fotovoltaicos (painéis solares), que utilizam a energia solar para a transformar em energia elétrica têm um rendimento entre os 10 e os 15%. Isto significa que apenas essa percentagem de energia é aproveitada de forma útil. O resto, ou seja, mais de 85% da energia produzida não será utilizada para o objetivo proposto e "perde-se" de diversas formas para o exterior...

 

Ora, este é o principal problema destas energias! Rendimentos demasiado baixos, que não compensam a sua utilização, uma vez que o dinheiro que se investe neles inicialmente, só terá retorno ao fim de largos anos!

 

Este é o principal ponto de análise deste tema e sobre o qual se têm tentado obter resultados mais entusiasmantes, porque o futuro passa por aqui! Disso ninguém pode ter dúvida!

 

Só em Portugal a área das energias renováveis já criou mais de 50 mil empregos! Corresponde à capacidade do estádio de Alvalade, por exemplo!

É notável!

 

Estamos a falar de uma área em expansão! Uma área que ainda não assumiu o seu lugar de destaque, mas que para lá caminha!

 

Daqui a menos de 15 anos, espera-se que atinja os 90 mil empregos criados!

 

Em todo o mundo já foram criados quase 10 milhões de empregos nesta área! 

É o equivalente à população portuguesa!

 

É o futuro!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:03

Here i am!

It´s time to go back to work!

 

O primeiro capítulo de "O enGINheiro em ação" ficou indelevelmente marcado por Maria Helena Braga!

 

http://oenginheiro.blogs.sapo.pt/o-enginheiro-em-acao-1-1321

 

 

Fez sentido, na minha cabeça, começar por algo com origem portuguesa e recente no tempo!

 

Chapter one closed! Let´s start a new one!

 

Aqui vamos nós em mais uma viagem!

 

O assunto de hoje é algo do qual já ouvimos falar há algum tempo! 

Eu, que sou nascido nos anos 90, lembro-me de me azucrinarem a cabeça com este assunto desde muito tenra idade. Mas a ideia que tenho é que foi no final do século 20 que, de facto, houve um verdadeiro "boom" para a consciencialização das pessoas, a uma escala global, relativamente a este fenómeno.

 

Aquecimento Global!

 

As chamadas "climate changes" têm afetado o nosso planeta sobretudo num passado mais recente e as provas da sua existência estão à vista!

 

1. Em 2016, as temperaturas bateram novos recordes, ultrapassando as registadas em 2015, que por sua vez suplantaram as de 2014! 

Para se ter uma ideia exata do que se está a passar, a temperatura média da Terra registada o ano passado está cerca de 1 grau celsius (ou centígrados) mais quente do que a temperatura média registada ao longo do século 20! E estamos apenas no início do século 21! Algumas previsões menos optimistas, apontam para que este século possa registar um aumento superior a 5 graus relativamente ao século passado!

 

2. Nós somos os principais responsáveis! A produção de combustíveis fósseis, como o petróleo ou o carvão, não pára de aumentar! É sabido que as reservas (que se conhecem) de petróleo terão um tempo de vida inferior a 50 anos, se o nível de extração e consumo continuar a este ritmo, mas nem isso tem sido motivo suficiente para um abrandamento. 

 

3. Nove em cada dez cientistas defendem que as emissões de carbono estão diretamente implicadas no aquecimento global! 

 

4. O degelo das calotes polares é visível! O gelo armazenado na Gronelândia e na Antártica tem derretido de forma avassaladora! E é nestes dois locais que se concentra o maior foco de preocupação da comunidade científica, uma vez que a quantidade de gelo existente em ambos os sítios é suficiente para fazer subir o nível médio das águas do mar em mais de 60 metros! Todos sabemos as consequências que isso provocaria!

 

5. A vida animal é um dos grandes afetados por este fenómeno! A subida das temperaturas está a dizimar algumas espécies e a transportar outras para níveis que a curto/médio prazo levarão à extinção.

Estudos revelaram que a população de ursos polares tem nos últimos anos sofrido uma redução substancial devido aos gases de efeito de estufa. A grande barreira de coral na Austrália verificou em 2016 a maior quantidade de coral sem vida, de que há memória.

 

Estes são alguns exemplos que corroboram o que se está a passar!

 

A maior justificação usada para se continuar com este registo é "we need energy". E é verdade, a energia atualmente está na base de tudo! Sem energia, o mundo como o vemos hoje não era possível. Tudo é movido pela capacidade de produzir energia! Eu não estaria a escrever este artigo se não existisse primeiro, energia elétrica para manter o portátil ativo e segundo, energia mecânica proveniente da ação que estou a desenvolver com os dedos das mãos. Energia é sinónimo de vida! Todos sabemos isso, mas também sabemos que o ser humano já provou que tem capacidade para mudar a forma como a energia que faz funcionar o mundo é obtida! E se ainda não alterou é porque há muitos interesses por detrás!

 

As energias renováveis não estão suficientemente desenvolvidas ainda, mas são sem dúvida, o futuro substituto dos combustíveis fósseis, não há outra hipótese! E mais cedo ou mais tarde a transição tem que ser feita! E ainda bem, ainda bem que o carvão, o petróleo ou o gás natural  são energias não-renováveis! Pois caso contrário, o desfecho do nosso planeta não ia ser risonho!

 

"The future is green energy, sustainability, renewable energy"

 

I hope so!

We hope so!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:42


Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D