Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Esta é a altura do ano onde canetas, folhas, papéis, computador e calculadora são as palavras que melhor descrevem o meu dia-a-dia.

Como estou em exames, almoço muitas vezes sozinho, em casa, e como tal a televisão é sempre aquela companheira fiel.

 

Todos sabemos o que se está a passar em Pedrogão, na região de Leiria, é algo inimaginável e que eu não me recordo de alguma vez ter visto. Mais de meia centena de mortes resultantes de um incêndio, não cabe na cabeça de ninguém...

 

Porém, também hoje joga a seleção nacional, no seu primeiro jogo da Taça das Confederações. E como o futebol é sistematicamente o assunto dominante dos principais canais generalistas, confesso que antes de ligar a televisão, pensei para mim, "estou curioso para perceber qual dos dois assuntos terá maior destaque".

Estava curioso, porque apesar de a resposta parecer óbvia, muitas vezes o que interessa é aquilo que vende mais. E todos sabemos que o futebol vende muito.

 

Liguei a televisão, tive uns milésimos de segundo de alguma expetativa e após um pequeno zapping percebi que ainda existe bom-senso. 

Há temas que estão acima de qualquer outro e foi com agrado que percebi que o futebol, neste caso a nossa seleção, não era notícia em nenhum canal. O foco estava todo sobre o inferno que se está a viver em Pedrogão.

 

É sinal que ainda existe a capacidade para decidir com o coração.

Nada se compara à perda de vidas humanas.

 

Portugal está de luto. A Europa tem que estar de luto!

 

Eu só posso agradecer a todos os bombeiros e voluntários, que têm dado o seu melhor, para diminuir o impacto desta tragédia na vida das pessoas que fazem parte daquela região!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:22


2 comentários

Imagem de perfil

De Inês Silva a 19.06.2017 às 23:54

A Europa está de luto também, ou pelo menos parte dela. Se não fossem essas ajudas seria ainda mais difícil combater os fogos que teimam em reacender e destruir cada vez mais vidas. Que realidade tão triste que chega a tirar-nos o sono. Respira-se fumo na zona centro.
Imagem de perfil

De O enGINheiro a 20.06.2017 às 10:18

É verdade! A ajuda proveniente de Espanha e França revela que devemos estar juntos em situações dramáticas como esta. Vamos acreditar que mais dia, menos dia, tudo voltará à normalidade.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D