Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bem, isto hoje vai ser comprido!

Vai ser comprido, porque há muita coisa para falar.

 

Como sabem, adoro futebol. Sempre foi um desporto, que desde criança, tive prazer em jogar e em ver. Não sei.. nasci com alguma "queda" para ele. E até sempre me disseram que tinha jeito, mas nunca decidi apostar verdadeiramente nele. Por isso, não sei se viria a dar alguma coisa. Vou permanecer com essa dúvida.

 

No entanto, poder ver um jogo de futebol é algo que me dá prazer. São 90 minutos de descontração, tirando quando joga o sporting e aí a tranquilidade passa a nervosismo. Aqueles rapazes gostam de colocar os seus adeptos à beira de um ataque de coração... 

 

Mas hoje quero falar de outra coisa. Quero falar de algo, que enquanto adepto de futebol, me entristece profundamente. 

Aquilo que estão a fazer a quem gosta de futebol não é justo!

 

Nasci nos anos 90. E como tal, a minha opinião sobre este desporto, só se pode cingir ao século 21. Não vou estar a falar de coisas que não presenciei.

 

E o que tenho a dizer é algo duro, mas sinto que tenho que o dizer. Tenho isto entalado há muito tempo. Só com amigos é que posso desabafar. Aqui sei que vai ficar "imortalizado".

 

O futebol português está a caminhar para o abismo!

Isto não é nenhum exagero. Isto é a realidade. 

Vamos despir as nossas "fardas" clubísticas por uns minutos e analisar os acontecimentos paralelos ao futebol que se têm passado nos últimos 15 anos. Vamos tirar as "palas" dos olhos, por muito que isso possa custar!

 

E para isso vamos começar pelo início!

 

No início do século, o Futebol Clube do Porto viu-se envolvido num escândalo de corrupção. Algo sem precedentes no futebol português. Um acontecimento que chocou o país e chegou além fronteiras. Esperava-se um desfecho à altura e o que foi que aconteceu?

 

O que aconteceu foi simples! O Porto perdeu 6 pontos numa época em que tinha sido campeão com 15 ou 20 pontos de vantagem para o segundo classificado. Foi isto! Ou melhor não foi só isto. O Boavista foi despromovido da primeira liga!

 

É verdade! O elo mais fraco tramou-se! Não tinha o poder, a preponderância nem a influência do Porto e foi facilmente punido! Esteve 10 anos fora da primeira liga portuguesa.

Um ato cobarde! Uma atitude desnivelada para com duas equipas que estavam associadas a esquemas de corrupção, mas onde só uma foi castigada.

Sim, porque ao Porto não lhe aconteceu nada. Dá vontade de rir com o "castigo" do Porto. 

 

Ainda hoje somos presenteados por escutas telefónicas existentes no youtube e ficamos incrédulos com a forma como os culpados ficaram impunes. Eu, pelo menos, não compreendo! 

 

É difícil acreditar na palavra justiça depois de se assistir a algo desta natureza!

Sobretudo, porque sensivelmente na mesma altura, em Itália, aconteceu algo bastante semelhante!

 

O chamado Calcio Caos abalou o futebol italiano há 10 anos atrás.

A principal visada foi a Juventus!

Um colosso mundial!

Uma equipa com jogadores de primeira linha do futebol, como Buffon, Cannavaro, Trezeguet, Patrick Vieira, Thuram, Nedved e podia continuar. Uma equipa de estrelas!

 

E o desfecho qual foi?

 

Despromoção!! A Juventus foi despromovida a escalões inferiores do futebol italiano e perdeu alguns campeonatos.

Foi este o castigo!

Havia quem defendesse que foi pouco! Se calhar até foi, mas foi feito algo! O clube foi punido de forma bastante aceitável!

 

Agora compare-se as semelhanças entre as punições ao Porto e à Juventus num acontecimento que tinha muitos traços em comum!

 

Não existe comparação possível! É incomparável!

 

Regressando a Portugal...

 

O apito dourado passou. Eclipou-se, quase diria. 

Daí para a frente houve "pequenos" casos.

Discutiram-se túneis, vouchers, arbitragem, comportamento de adeptos mas não se voltou a atingir algo do género!

 

Até que há poucos dias volta a "rebentar" mais uma bomba.

Mais um acontecimento que mostra que o apito dourado não foi um acaso. 

 

Foram revelados e-mails altamente comprometedores de responsáveis do Sport Lisboa e Benfica, incluindo o seu presidente, com ex-árbitros, representantes de altos cargos que dirigem o futebol português e ex-presidentes do Concelho de arbitragem.

 

São trocas de mensagens que não deixam qualquer dúvida sobre o que se passa nos bastidores do futebol nacional!

 

Um domínio completo do Benfica em diversas áreas, que ainda há bem poucos anos pertencia ao Porto.

 

Isto só vem provar que o futebol não são 11 contra 11 e no final ganha quem joga melhor!

Isso, infelizmente, já não existe, pelo menos em Portugal!

 

Andamo-nos todos a enganar uns aos outros.

Andamos a "viver" um desporto viciado. Um desporto onde não existe uma distribuição equilibrada de forças. Onde as balanças estão desiguais.

 

É isto que se pretende? É isto que o "povo" quer?

 

Olhe-se para Inglaterra!

Um campeonato onde todos os anos existe incerteza sobre quem pode ser o campeão!

Um campeonato onde metade das equipas têm condições para serem campeãs!

Um campeonato onde não existe uma hegemonia desmesurada e viciada de um clube em relação aos demais.

 

Erros de arbitragem?

Existem em todo o lado e continuarão a existir!

O erro faz parte do jogo!

Tem é que ser erro acidental, não pode ser erro propositado ou com o sub-consciente do árbitro a entrar em ação em prol de uma equipa!

 

O futebol português está imundo!

Veremos se ainda vai a tempo de sair da lama.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:45



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D