Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Toda a gente conhece a história do Pedro e do lobo!

 

Aquele conto que ouvimos em criança, em que os nossos pais nos tentam fazer ver que a mentira nunca é o melhor caminho!

 

Mas para quem não se recorda, a história é muito simples e fácil de perceber.

 

Basicamente o Pedro era um pastor que tomava conta do seu rebanho de ovelhas. Certo dia decidiu pregar uma partida aos fazendeiros que viviam nas redondezas e começou aos gritos a pedir socorro porque um lobo estava a atacar as suas ovelhas!

Os fazendeiros vieram para o ajudar, mas perceberam que tudo não passava de uma partida. O Pedro riu-se daquilo que tinha feito e os fazendeiros foram-se embora aborrecidos!

Uns dis depois, o Pedro voltou a fazer o mesmo e novamente os fazendeiros foram enganados!

Até que quando um lobo realmente apareceu e o Pedro apavorado pediu ajuda, os fazendeiros pensando que era mais uma partida não apareceram!

 

É este o resumo da história!

 

E que raio tem isto a ver com o urban?!

 

Bem, a discoteca Urban Beach em Lisboa está nestes últimos dias no radar da comunicação social! Toda a gente teve acesso ao vídeo de agressões brutais a dois jovens!

Algo altamente reprovável e condenável!

Comportamento injustificado e que tem de ser punido! Até aí todos de acordo!

 

Então e que relação existe entre isto e o Pedro e o Lobo?!

 

Então vou tentar explicar o meu raciocíonio!

 

Sendo eu um rapaz de Cascais, conheço muito bem a discoteca Urban!

 

O Urban existe há pouco mais de seis anos!

É de longe a maior e melhor discoteca de Lisboa e o seu começo entroncou precisamente no início da minha vida noturna, por assim dizer!

 

Mas como tudo tem aspetos negativos!

 

A geração entre 92 e 96 sobretudo, que vive entre Cascais e Lisboa, sabe muito bem o que se passa no Urban!

 

O vídeo que veio a público é muito pouco comparado com situações com as quais eu já me deparei e com cenas que aconteceram e que me foram contadas por amigos ou conhecidos!

 

Para quem ficou chocado com o vídeo partilhado milhares de vezes nas redes sociais, não ficaria tão chocado se fosse cliente assíduo do espaço!

 

Desde fecharem rapazes em salas escuras no interior da discoteca e baterem-lhes até os deixarem inconscientes até baterem em raparigas à frente de tudo e todos, os seguranças do Urban (ou oferecidos pela empresa PSG ao urban) sempre foram assim!

Nem todos, mas há muitos que são! E por isso, sabendo-se disso, a melhor maneira de evitar problemas desnecessários é ser correto com eles e não nos esticarmos!

Por isso, eu pessoalmente, nunca tive um único problema com nenhum deles!

 

Mas mais uma vez, porque é que trouxe a história do Pedro e do Lobo?!

 

Comecei por essa história, porque no episódio divulgado recentemente os seguranças estavam a agir em prol dos clientes!

 

Os dois indivíduos que aparecem no vídeo e que são agredidos, são jovens desordeiros que vão para o Urban quando as pessoas começam a sair com o objetivo de arranjar confusão!

Há algumas semanas, que esse jovens vão para lá com esse propósito!

Naquele dia em concreto, estavam a arranjar confusão com as pessoas que estavam na fila para comprar um hamburguer ou um cachorro nas roulotes que existem à frente do Urban!

Ora, houve pessoas que foram pedir ajuda aos seguranças, porque a polícia estava como está sempre em casa a dormir!

Os seguranças interviram e fizeram o que todos vimos!

 

Era necessário aquele nível de agressividade? Não, não era!

Mas daquela vez os seguranças não partiram para a agressão porque sim, havia um motivo!

Tiveram que substituir a polícia, que não existia!

 

Tiveram azar! Foram filmados...

 

E ainda tiveram mais azar, porque a Jéssica Athayde partilhou o vídeo na sua página de facebook!

Sim, porque foi isso que tornou o vídeo viral!

Já houve muitos conhecidos meus a partilhar vídeos parecidos ou até piores, mas nunca chegaram à ribalta porque ninguém "importante" deu uma ajudinha!

Essa ajudinha chegou desta vez, e ironia das ironias, desta vez eles até tinham um motivo forte para terem agido!

 

Tal como o Pedro, tantas foram as vezes, que ninguém acredita neles agora!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:37



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D